Tags

, , ,

Estamos celebrando, hoje, 20 de novembro, o Dia Nacional da Consciência Negra.

Essa celebração foi criada em 2003 e instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo considerado feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de Alagoas, Amazonas,Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro por completo através de decretos estaduais.

A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.

Mas do que isso, pela importância do negro na formação da história desse país, não devemos refletir não somente uma vez por ano, mas todos os 365 dias do ano, pois não devemos agir sempre pensando somente nas “cotas” ou numa “inserção”, mas sim com consciência humana, de que somos todos iguais, o que muda de um para o outro, é apenas a cor da pele, que é algo insignificante.

A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de “Zumbi dos Palmares”, em 1695. Zumbi foi o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial, por isso, é reverenciado como o herói que lutou pela liberdade e como um símbolo de liberdade.

Que cada vez mais as pessoas tenham consciência por todo um ano e entendam que preconceito, racismo, não combina em nada com um país que teve sua história formada por negros guerreiros.

Consciência Humana, por favor!

Anúncios