No dia 1º de maio de 1994, há 20 anos, o Brasil perdeu um dos seus maiores ídolos: Ayrton Senna da Silva. 
  
Sua reputação de piloto veloz ficou marcada por recordes e vitórias inesquecíveis na Fórmula 1. 
Ele se tornou símbolo de obstinação e patriotismo e levou o nome do Brasil para além das pistas do automobilismo internacional. 
Sua morte prematura, aos 34 anos de idade, ao chocar seu carro com o muro na curva Tamburello, do circuito de Ímola (Itália), deixou um vazio nos brasileiros que não se esquecem de seus tempos de glória, da alegria e do orgulho que ele proporcionava.

Nesse 1º de maio, onde se completam 20 anos de sua morte, mais de 20 mil pessoas foram ao circuito de Ímola prestar homenagens ao grande piloto que jamais será esquecido.

Isso mostra seu prestígio, o quanto foi querido e amado.

Foi um grande homem e até nos dias de hoje inspira muitos com suas palavras e sua garra em seus ideiais.

#SennaEterno

Anúncios