http://www.salgueiro.com.br

Desfile: DOMINGO – 02 de março – 5ª a desfilar: Entre 01h20 e 02h28

Autores: Xande de Pilares – Dudu Botelho – Miudinho – Betinho de Pilares – Rodrigo Raposo e Jassa
Intérpretes: Quinho – Serginho do Porto e Leonardo Bessa



Salgueiro na sutileza dos teus versos
Todo o encanto do Universo
E a divina criação mistérios
da imensidão
Gaia… Terra viva… A riqueza
Gira o mundo meu cenário
Relicário de beleza
Templo sagrado de Olorum
Salve a grandeza de Oxalá
Guardiões da natureza
É a magia dos orixás
Oxum, Iemanjá, Iansã,
Oxóssi caçador,
Ossain, Ogum, caô,
meu pai Xangô
Nas águas a felicidade…
Vermelho e branco é axé
Pra dar um banho
de amor na humanidade
Purificando o coração
de quem tem fé
Na chama da esperança
O fogo pode transformar
Clareia pra ver nascer um novo dia
Bendito ar que se respira…
E o vento a soprar
E no avanço dessa tecnologia
Ecoa a voz da Academia
É uma questão de querer
aprender a cuidar
E saber preservar
Meu samba vai tocar seu coração
É um alerta ao mundo inteiro
“A vida em nossas mãos”
Buscando a solução…
Canta, meu Salgueiro
O bem que a gente planta
Floresce nesse chão…
Canta, Salgueiro