Por Emanuel Felizardo
 
O Brasil estacionou no futebol mais acelerou na atitude de cidadão, é impossível falar de futebol e não tocar no assunto dos manifestos inclusive o maior de ontem q foi em Fortaleza, alço do segundo jogo da Seleção Penta Campeã. Essa sim mostrou mais uma vez o poder do Brasil e o poder da camisa Brasileira dentro das quatros linhas. Por quando o Brasil Vence sempre o adversário jogou mal? Vamos olhar de forma diferente afinal se o adversário jogou mal problemas deles estou aqui pra analisar o futebol brasileiro e esse sim está na competição classificada com 100%  de aproveitamento e detalhe sem tomar um Gol se sequer. To certo que não ouve evolução no esquema tático da seleção nas laterais, Marcelo e Daniel Alves tomaram um banho de bola nas costas nos contras ataques mais no final quem venceu?  Esse foi um problema que apareceu nesse jogo e não apareceu contra o Japão, o Felipão tem q resolver  pq agora vem uma seleção de maior poder contra a seleção Brasileira.
 
 
BRASIL 2 x 0 MÉXICO
Local: Castelão (Fortaleza); Juiz: Howard Webb (Inglaterra); Público: Gol: Neymar 8 do 1º; Cartão amarelo: Guardado (20′), Thiago Silva (43′), Daniel Alves (75′)
BRASIL : 12. Júlio César (6), 2. Daniel Alves (5,5), 3. Thiago Silva (7,5), 4. David Luiz (7,5) e 6. Marcelo (5); 17. Luiz Gustavo (5,5) e 18. Paulinho (6); 19. Hulk (5) (7. Lucas 32 do 2º (5)), 11. Oscar (6) (8. Hernanes 16 do 2º (5,5)) e 10. Neymar (8,5); 9. Fred (5) (21. Jô 36 do 2º (sem nota)). Técnico: Luiz Felipe
MÉXICO: 12. Corona (6), 22 Flores (6,5) (16. Herrera 12 do 2º (6)), 2. Francisco Rodriguez (4,5), 15. Moreno (5) e 20. Torres Nilo (5,5) (7. Barrera 24 do 2º); 3. Salcido e 6. Torrado (6) (15.Raúl Jiménez 42 do 2º (sem nota)); 21. Mier (5,5), 10. Giovanni dos Santos (5) e 18. Guardado (6); 14. Chicharito Hernández (5,5). Técnico: José Manuel De La Torre
Anúncios