Lançamentos da Start fecham o cerco contra o novo coronavírus

A Start vem se posicionando na linha de frente no combate à Covid-19, desde o início da pandemia. Antes mesmo da nova demanda, seus produtos já cumpriam o papel de higienizar, limpar e desinfetar mãos e ambientes. Com fórmulas poderosas, os produtos de limpeza Start são campeões na proteção contra a ação de microrganismos nocivos à saúde. Sua ação eficaz e duradoura, aliada ao poder de desinfecção do álcool 70%, protege vidas humanas do ataque de vírus e bactérias.

Mas a empresa não se acomoda, pesquisando e evoluindo para oferecer cada vez mais proteção e tranquilidade para as famílias brasileiras. Os novos lançamentos Start chegaram para ampliar o leque de soluções voltadas para o uso pessoal e dos ambientes, com segurança e eficácia.

Espuma Antisséptica Asseptgel

A nova espuma antisséptica promove uma higienização segura e eficaz, com rápida absorção e secagem. Aplicada nas mãos ou pés, secos e limpos, sem enxague, deve ser espalhada por toda a superfície até que seque completamente. Contendo álcool 70% e Clorexidina, é uma inovação que protege de maneira fácil e instantânea.

Desinfetante Azulim Zerobac Cristal Spray 500ml

O Azulim Zerobac é um forte bactericida, acrescido de álcool com quaternário de amônio, que extermina, com eficiência, bactérias e germes das superfícies. Seguro, sem perfume, permite uma limpeza total com secagem rápida e eficaz.

Lenços Umedecidos Antissépticos

Os novos membros da família Asseptgel vêm com 40 unidades, que são ideais para a higienização de mãos, maçanetas, interruptores, carro e, principalmente, celulares. Compostos por álcool etílico 70% e Clorexidina, os lenços são grossos e garantem proteção completa contra microrganismos, com praticidade e eficiência.

Asseptgel 120ml

O poderoso álcool gel da Start, que higieniza as mãos matando 99,9% dos germes comuns, sem água, sabão ou toalha, agora vem em embalagem de 120ml, completando a famíla Asseptgel.

Sabonetes Asseptgel Display

Este super lançamento contém nano partículas de Sais de Prata, um potente bactericida natural, é hidratante e de eficiência comprovada contra 5 tipos de bactérias. Vem em três versões deliciosas: original, amêndoas e chá verde.

Lançamentos Start para prevenção, limpeza e desinfecção

A família Start trabalha para proteger as famílias brasileiras contra viroses e infecções, oferecendo os melhores produtos antissépticos. Produzidos com rigor, cuidado e com os melhores componentes, para que você possa se sentir tranquilo, seguro e protegido.

Fonte: Prelo Comunicação

Festa de Nossa Senhora da Abadia em Romaria é adiada para 2021

Por conta da pandemia de coronavírus, a tradicional Festa em Louvor a Nossa Senhora da Abadia em Romaria, que seria realizada de 25 de julho a 15 de agosto de 2020, foi adiada para o ano de 2021.

O ano jubilar que foi aberto dia 15/08/2019 e seria encerrado em 15/08/2020, terá que ser adiado.

O padre Márcio Ruback, de Romaria, disse conta com a compreensão dos romeiros, na necessidade de proteger vidas e que, no ano que vem, haverá uma grande festa para comemorar esse importante marco do Santuário de Nossa Senhora da Abadia.

Nunca vi a razão e a emoção tão forte em mim. Por um lado a emoção: quem me conhece, sabe o quanto sou apaixonada nessa festa, o quanto espero ela durante todo o ano, o quanto estaria feliz nesse momento, em que está tão próximo, então esse adiamento me deixou muito triste, porque tinha muitas esperanças.

Por outro lado a razão: sabemos dos perigos que a grande aglomeração que é causada na festa traria para os romeiros e principalmente para nós, população romariense, então com fé e esperança, acredito que Deus e Nossa Senhora da Abadia, sabem o que fazem e que possamos estar firmes, com saúde, comemorando no próximo ano, com mais intensidade ainda, o fim dessa pandemia e os 150 anos da Festa de Nossa Senhora da Abadia.

View this post on Instagram

Nunca senti tão forte a emoção e a razão, como nesse momento. Por um lado a emoção: quem me conhece sabe, o quanto sou apaixonada nessa festa, o quanto espero ela durante todo o ano, o quanto estaria feliz nesse momento, em que estaria tão próxima, então esse adiamento me deixou muito triste. Por outro lado, a razão: sabemos dos perigos que a grande aglomeração que é acusada em decorrência da festa, traria para os romeiros e principalmente a nós, população Romariense, devido a pandemia de coronavírus. Então com fé e esperança, acredito que Deus e Nossa Senhora da Abadia sabem o que fazem e o que é melhor para seu povo. Assim, rezemos para que estejamos firmes e fortes, com saúde, comemorando no próximo ano, com mais intensidade ainda, o fim dessa pandemia e os 150 Anos da Festa em Louvor a Nossa Senhora da Abadia. Nossa Senhora da Abadia, rogai por nós!

A post shared by Mayara Delfino (@maydelfinoo) on

Nossa Senhora da Abadia, rogai por nós!

15 de abril – 4 meses para a Festa de Nossa Senhora da Abadia

Olá,

Para nós devotos de Nossa Senhora da Abadia, estamos ansiosos nos perguntando: teremos festa nesse ano de pandemia?

Ainda não sabemos, mas nos resta rezar e pedir a nossa Mãe do céu para que peça a Seu Filho Jesus, por essa pandemia em todo o mundo.

Hoje teremos missa esperando essa data tão importante para nós.

Confira a voz do reitor do Santuário:

Nossa Senhora da Abadia, rogai por nós!

Solidariedade: empresas unem esforços para ajudar no combate ao Coronavírus

Start Química e SIAMIG doam 60.000 litros de álcool líquido 70% para unidades de saúde e entidades que cuidam de idosos

O mundo enfrenta uma pandemia ocasionada pelo novo Coronavírus, que possui alta capacidade de contágio e já vitimou milhares de pessoas em vários países. A transmissão ocorre por gotículas de saliva ou secreções respiratórias que espalham principalmente através de tosse e espirros ou ao passar a mão contaminada em olhos, nariz e boca após tocar objetos e superfícies contaminadas.

Com o objetivo de proteger as pessoas e evitar que elas se contaminem, as principais orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde são lavar as mãos com água e sabão e higienizar com álcool 70%, substância essencial para assepsia das mãos e superfícies.

Pensando em contribuir e buscar soluções preventivas, a Start Química uniu-se às usinas mineiras, por meio da SIAMIG, para levar esperança a quem mais precisa, como os profissionais de saúde e os cuidadores de idosos. As duas empresas vão doar 60.000 litros de álcool líquido 70% para unidades de saúde e entidades que cuidam de idosos.

A Start Química, indústria que tem nome consolidado na produção de álcool em gel, teve sua demanda elevada em em mais de 400%, só no mês de fevereiro. Segundo o gerente de marketing da Start, Clayton Rezende, tem se preparado para lançar, ainda no mês de abril, uma opção de álcool em spray, em frascos de 60 ml, espuma e lenços antissépticos.

“Nossa parceria com a SIAMIG visa ajudar instituições que necessitam do álcool líquido 70% e é gratificante ver que conseguimos o apoio das emissoras de televisão local. Nos tornamos aliados em um combate tão importante”, ressalta o gerente de marketing. Hoje, a Start fabrica 17 produtos, entre álcool e sabonetes antissépticos.

Fonte: Prelo Comunicação

Coronavírus : o Dia Mundial da Saúde em meio a uma pandemia

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de manter o corpo saudável, é comemorado no dia 07 de abril o Dia Mundial da Saúde. A data foi escolhida para coincidir com a criação da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1948.

O Dia Mundial da Saúde é sempre lembrado com muito carinho pelos profissionais de saúde. Entretanto, nesse ano, a saúde em todo o planeta passa por uma grande crise: a Pandemia ocasionada pelo novo Coronavírus, descoberto no final de 2019 após os primeiros casos da COVID-19 terem sido registrados na China.

Segundo a médica infectologista e Coordenadora do Serviço de Controle de Infecções Hospitalares do Santa Genoveva Complexo Hospitalar, Astrídia Fontes, os primeiros Coronavírus humanos foram isolados em 1937. Eles podem provocar um simples resfriado até enfermidades mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS).

“A diferença para esse novo vírus é a sua alta capacidade de contágio. É importante dizer que os principais sintomas são parecidos com os de uma gripe, como febre, tosse, coriza, dor de garganta e falta de ar nos casos mais graves. A perda de olfato e paladar podem estar presentes. Além desses, existem alguns outros sintomas menos comuns, como a falta de apetite, dor de estômago, enjoos, vômitos e diarreia”, explica.

A infectologista salienta que a transmissão ocorre por gotículas de saliva ou secreções respiratórias que se espalham principalmente através de tosse e espirros ou ao passar a mão contendo os vírus em seus olhos, nariz e boca após tocar objetos e superfícies contaminadas.

De acordo com a médica o período de incubação do novo vírus é em média de cinco dias, podendo chegar a 14 dias. “Como o vírus é de fácil contágio, as pessoas doentes devem permanecer em casa e, caso a doença se agrave, por exemplo com falta de ar, ela deve procurar uma unidade de saúde. Em casos de sintomas gripais leves, deve ficar em casa, em isolamento domiciliar por 14 dias. “, afirma.

” Nesse momento, o isolamento social é importante.  Costumamos dizer que cada indivíduo portador do vírus é capaz de infectar até três indivíduos. Sabemos que aproximadamente 80% dos infectados terão um quadro de leve a moderado, mas que 20% poderão ter um quadro mais grave e necessitarão de hospitalização e, em muitas das vezes, de um leito em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Precisamos ter em mente que quanto mais pessoas infectadas tivermos no município, mais pessoas poderão evoluir para quadros graves e nenhuma cidade brasileira tem o número suficiente de leitos de UTI para tratar esses pacientes”, completa.

Para a infectologista é importante que durante a pandemia do novo Coronavírus, que causa uma infecção respiratória, o público-alvo da campanha de vacinação contra a Influenza busque a sua dose. “A dose vai proteger o público-alvo contra a influenza e, assim, menos pessoas vão ser hospitalizadas, o que ajuda o sistema de saúde a reservar esforços para combater o novo Coronavírus. Mas é importante ressaltar que os indivíduos que apresentarem algum sintoma de uma infecção respiratória não devem buscar pela vacina. Precisam ficar isolados até os sinais passarem para só então receberem a vacina”,  finaliza a Dra. Astrídia Fontes.

 

Como prevenir?

 Lavar as mãos com freqüência, com água e sabão ou higienize-as com álcool em gel, não se esquecendo das regiões entre os dedos e unhas.

 Evitar tocar olhos, nariz e boca.

* Usar lenço descartável para higiene nasal.

 Cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir com um lenço de papel descartável ou com a parte interna do cotovelo (nunca as com as mãos).

* Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

 Manter os ambientes bem ventilados.

 Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência, como celulares, de preferência com álcool líquido.

 Evitar contato com pessoas que apresentem sinais da doença.

 Mesmo em casa, manter o distanciamento de pelo menos 1 metro entre os membros da residência.

 Evitar sair de casa, respeitando as orientações do Isolamento social recomendadas pelo Ministério da Saúde, por várias entidades médicas e pela Organização Mundial de Saúde.

Fonte: Prelo Comunicação

Domingo de Ramos Em casa e com Casa enfeitada

Olá, Como disse no post anterior, esse ano teremos uma Semana Santa diferente, em casa! E assim, a igreja nos propõe que enfeitemos nossas casas com ramos, para receber Jesus, em nossas casas e assim iniciar essa semana tão importante é tão linda. Diante disso, aceitamos a proposta em nossa casa e já estamos aguardando o domingo de Ramos.

E aí, gostaram?

Semana Santa Em Casa

Olá,

Sinceramente, essa pandemia transformou nossas vidas. Espero que quando tudo terminar e estiver bem, saíamos melhor dessa.

Nesse mês completo 31 anos de idade e mesmo em consulta a pessoas mais velhas, a resposta é unânime: Não, nunca vimos até a igreja parar em circunstância de uma doença.

Como todos que me acompanham aqui, sou católica e nessa quarentena, estou sentindo muita falta de principalmente aos domingos, ir à igreja, na missa, entretanto, sabemos que tudo está parado, por um bom motivo, para prevenirmos.

Na próxima semana, a igreja comemora a semana mais importante do ano: A Semana Santa.

Geralmente era uma semana que tínhamos atividades quase todos os dias na igreja e esse ano excepcionalmente, teremos que praticá-la em casa. Ainda bem, que com o advento da internet, temos transmissões ao vivo.

A CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) está orientando os fiéis a decorarem suas casas com ramos, para comemorarmos no próximo domingo (05) a abertura da semana com o tradicional domingo de ramos, data que celebra a entrada triunfal de Cristo em Jerusalém.

Não iremos às ruas, celebrar Cristo Rei, mas iremos receber em nossas casas o próprio Cristo.

Com certeza, será uma semana diferente, espiritual, entretanto, fazendo a igreja doméstica, dentro de nossas casas.

Que sejamos obedientes e consigamos, com as bençãos de Deus, passar logo por tudo isso e aí sim, voltar nossa vida ao normal.

E que possamos nos tornar mais humanos.

Indústrias se unem para doar respiradores para a saúde de Minas

Indústrias se unem para doar respiradores para a saúde de Minas

A Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) mobiliza empresários mineiros para viabilizar a doação de mil respiradores para a rede estadual pública de Saúde. Os aparelhos adquiridos serão entregues à Secretaria de Estado de Saúde (SES), que irá definir a distribuição em suas unidades em todo o estado. Os equipamentos são fundamentais para o tratamento e combate da pandemia do novo coronavírus.

O objetivo é arrecadar o montante de R$ 65 milhões para a aquisição dos respiradores. A Federação já captou R$ 15,5 milhões e segue trabalhando para atingir a meta e entregar os equipamentos o mais breve possível. Segundo dados da SES, os novos aparelhos representam 15% do número total de equipamentos que o estado possui atualmente.

“Entendemos a necessidade de apoiar as unidades de saúde do estado, pois sabemos que não há a quantidade necessária de respiradores para o tratamento dos casos que poderão vir a acontecer. Vamos atuar no sentido de apoiar os mineiros, para minimizar os efeitos dessa pandemia”, disse o presidente da FIEMG, Flávio Roscoe.

Você também pode participar da campanha:

Banco: Sicoob (756)

Agência: 3330

Conta corrente: 10.841-3

Titularidade: Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais

CNPJ: 17.212.069/0001-81

Saiba mais em fiemg.com.br/coronavirus

Saquinhos de São José

Saquinho de São José 2020

Nessa quinta-feira (19), foi comemorado o dia de São José, e por isso, por mais um ano distribuímos os saquinhos de São José.

Ganhamos nos anos anteriores, esse saquinho na missa, e assim, fizemos o compromisso de fazer mais 19, para distribuir esse ano.

A dinâmica, diz que se você tiver fé junto à São José, nunca lhe faltará dinheiro. Eu coloco dinheiro, cartões. Realmente, às vezes passa dificuldade, mas nunca falta.

Esse ano foi um ano atípico, por conta do coronavírus e não participamos da missa, apenas fomos na igreja e como não tinha ninguém, rezamos o terço de São José junto à sua imagem.

E vocês, já conheciam essa tradição?

São José, rogai por nós!

Nota Oficial da Arquidiocese De Uberaba

Estamos vivendo um momento que exige de nós precauções, como alertam as autoridades civis e sanitárias, diante do perigo de contágio com o novo coronavírus (COVID-19). É tempo de incertezas, porém não de pânico, mas de confiança e esperança no Senhor, que exige de nós cuidados para evitar a proliferação do vírus em nosso meio. Por isso, recomendamos a todos as seguintes orientações:

1. Continuam mantidas as medidas preventivas anunciadas anteriormente, para as celebrações: omitir o abraço da paz, não dar as mãos durante a oração do Pai-nosso, bem como a comunhão seja dada na mão, apenas na espécie de pão.

2. Nossas Igrejas e Capelas estejam abertas, limpas e arejadas durante as celebrações, disponibilizar álcool em gel, para o uso de todos. Nas Comunidades Paroquiais que têm grande fluxo de fieis, nos finais de semana, sejam multiplicadas as celebrações, para que se evite a aglomeração de pessoas. Pedimos, também, que os padres tenham a caridade pastoral de não ultrapassar o período de uma hora, nas Celebrações Eucarísticas.

3. A participação de idosos e pessoas do grupo de risco (asmáticos, pessoas com doenças do coração, fumantes, diabéticos, pessoas com cirurgia recente), e os acometidos de gripe e outras doenças respiratórias, durante esse período, são dispensadas da Celebração Dominical e podem acompanha-la pelos meios de comunicação.

4. Os Padres, Diáconos, Ministros Extraordinários da Eucaristia e da Palavra, observem as normas expedidas pelas autoridades competentes, para esse período.

5. Os padres idosos e os que pertencem ao grupo de risco estão dispensados das celebrações públicas nas comunidades, devendo celebrar a Eucaristia de modo privado, em favor do Povo de Deus.

6. Onde houver a restrição, por parte do município, sobre a Celebração Eucarística, o padre reze de modo privado, diariamente, em favor do Povo de Deus.

7. Se o Padre, Diácono, Ministros Extraordinários da Palavra ou da Eucaristia, estiver gripado não presida as Celebrações da Comunidade.

8. A celebração do sacramento do Batismo seja realizada após a festa da Páscoa, ou em casos de perigo de morte.

9. As celebrações do sacramento do Matrimônio, já agendadas para esse período, sejam realizadas observando as normas do direito, resguardadas as precauções pedidas.

10. A celebração do sacramento da Reconciliação (confissão) seja realizada com as devidas precauções e normas sanitárias; sobre o mutirão de confissões sejam mantidas as normas dadas anteriormente, aconteça a celebração com absolvição geral.

11.Sacramento da Unção dos Enfermos seja realizado em caso de necessidade ou em caso de perigos de morte.

12.A celebração de Exéquias aconteça, de preferência, em lugares abertos.

13.Os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, não levarem a Comunhão Eucarística aos enfermos, nesse período.

14.O atendimento das Comunidades Rurais seja realizado com a devida cautela, e onde houver necessidade, seja suspenso.

15.Sejam canceladas Via-sacra, procissões e festas dos padroeiros.

16.Sejam canceladas, em toda a Arquidiocese de Uberaba, reuniões, assembleias, encontros, cursos de formação, Escola de Teologia para Leigos (ESTELAU), as celebrações e reuniões nas Pequenas Fraternidades, Grupos Bíblicos de Reflexão, Terços dos Homens, Legião de Maria, entre outros.

17.A catequese de crianças, jovens e adultos, bem como, os encontros com as Famílias e as Celebrações do itinerário catequético sejam cancelados e adiados.

18.Nas instituições católicas de ensino, creches, educandários e outras instituições de acolhimento de crianças, sejam observadas as normas expedidas pelas autoridades competentes e Secretarias de Educação de cada município de nossa Arquidiocese.

19.Nas instituições de acolhida de idosos também sejam respeitadas as normas expedidas pelas autoridades competentes.

20.Não aconteçam, em nossa Arquidiocese, quermesses, almoços, bailes, jantares e outros eventos com grande número de pessoas, durante esse período.

21.Sejam suspensas as encenações da Paixão de Cristo que acontecem por ocasião da Páscoa do Senhor.

22.A Missa da Unidade (Celebração dos Santos Óleos) aconteça sem a participação do povo, na cidade de Uberaba.

23.A celebração do Tríduo Pascal seja realizada com a máxima cautela, onde houver necessidade, seja realizada ao ar livre. Evite-se o gesto do lava-pés, na Celebração da Ceia do Senhor, Quinta-feira Santa; a Vigília Eucarística seja realizada num curto período de tempo e em lugar arejado e amplo; na Celebração da Paixão do Senhor, na Sexta-feira Santa, a adoração da cruz seja realizada sem o beijo. Na Vigília Pascal seja observado número reduzido de leituras (previsto pelas normas litúrgicas).

24.A Romaria da Arquidiocese, prevista para o dia 24 de maio, para o Santuário de Nossa Senhora da Abadia, na cidade de Romaria, fica suspensa, até segunda ordem.

Além disso, pedimos que as Paróquias observem aquilo que for orientado por cada município de nossa Arquidiocese e colabore com a divulgação de tais informações.

Pedimos a todos os fiéis, que colaborem com as autoridades competentes para se evitar a proliferação do vírus em nossas comunidades e municípios e elevem ao Coração de Jesus orações e súplicas por todo o povo, especialmente por aqueles que são acometidos por essa pandemia, para que tenham assistência digna e pelos profissionais da saúde que colocam suas vidas a serviço da vida.

Essas orientações estarão em vigor até a Festa da Páscoa da Ressurreição, ou até a sua revogação.

Uberaba, 17 de março de 2020 AD.

Dom Paulo Mendes Peixoto

Arcebispo Metropolitano

Fonte: https://www.arquidiocesedeuberaba.org.br/post/nota-oficial-da-arquidiocese-de-uberaba-coronav%C3%ADrus